NOTÍCIAS

< Voltar

Reunião Pública em Sananduva: Plano da Bacia Hidrográfica dos Rios Apuaê – Inhandava.

Publicado em 01/11/2016, Por Assessoria de Imprensa

Nesta terça-feira, dia 01, a partir das 9h30min, será realizada uma importante reunião pública, em Sananduva na Casa da Cultura, promovida pelo Departamento de Recursos Hídricos da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e pelo Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Apauê-Inhandava, tendo como finalidade: Apresentação dos resultados  do Plano da Bacia que está em fase elaboração, onde o plano engloba  os rios que deságuam no rio Uruguai, existentes entre São José dos Ausentes e Itatiba do Sul.

O Projeto da Bacia Hidrográfica dos Rios Apuaê – Inhandava é um conjunto de ações e medidas que devem ser tomadas pelo Poder Público (governo do Estado e municípios), pela iniciativa privada e pela sociedade em geral, para preservar a qualidade e a quantidade da água dos nossos rios, de forma a garantir o uso atual e futuro da água, sem prejudicar o meio ambiente.

Estas ações envolvem, entre outros fatores, o controle da poluição, através do tratamento dos esgotos das cidades e do tratamento dos efluentes das indústrias; a recuperação e a preservação das matas existentes ao longo dos rios e nas áreas muito inclinadas; a utilização de técnicas de cultivo do solo que evitem a erosão e a contaminação por defensivos químicos e adubos; a coleta e a disposição adequada do lixo e, também, ações para conscientizar a todos os moradores da bacia sobre a importância da preservação da água, que é um recurso natural fundamental para a vida e para a economia.

A elaboração deste Plano é dividido em três fases:

Primeira Fase consiste na elaboração do diagnóstico da situação atual das águas dos nossos rios, tanto em qualidade quanto em quantidade.

Segunda Fase consiste na manifestação do desejo da sociedade, quanto ao uso da água, ou seja, o que as pessoas desejam para o futuro de nossas águas.

Terceira Fase consiste na definição das ações necessárias para que as águas tenham qualidade e quantidade suficiente, para atender aos usos que a sociedade deseja.

O plano da bacia deve ser elaborado com a intensa participação das pessoas que residem na região, pois serão elas as beneficiadas do resultado da construção deste Plano.

Portanto, é fundamental a participação das pessoas, para elaboração das ações desta segunda Fase, pois a sociedade deve fazer valer o seu direito de decidir sobre o futuro de nossas águas, principalmente aquelas que residem  nas proximidades deste rio.

 

 

 


CLIMA/TEMPO

Prefeitura Municipal de Sananduva © Todos os direitos reservados     |     Criação de Sites: Slah Informática