NOTÍCIAS

< Voltar

Amunor reforça apoio para instalação de Pelotão da PRE em Sananduva

Publicado em 19/10/2015, Por Assessoria de Imprensa

Após várias tratativas, que se prolongam desde 2012, o município de Sananduva conseguiu no dia 20 de abril deste ano, a confirmação da instalação de um Pelotão de Policiamento Rodoviário Estadual na RS 126. No entanto, até o momento o Governo do Estado ainda não sinalizou na prática, a viabilidade para a execução do projeto.

Na reunião da Associação dos Municípios do Nordeste Riograndense (Amunor), presidida pelo prefeito Getulio Cerioli na sexta-feira (16), em Vila Lângaro, o prefeito de Sananduva, Antonio Roberto Caldato solicitou apoio da entidade para que os demais gestores municipais reforcem perante o comando geral da Brigada Militar, a necessidade do atendimento urgente à essa demanda.

De acordo com o capitão Jeferson Miguel da Silva, comandante do 1º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar de Passo Fundo, o principal entrave estaria relacionado a falta de definição de uma sede para a estrutura de funcionamento do Pelotão e a própria nomeação do efetivo para a operacionalização administrativa e ostensiva.

O prefeito Caldato afirma que o município de Sananduva se propõe a providenciar um local provisório para instalação do Pelotão, até que seja construído um prédio definitivo. Já o presidente Cerioli, garantiu total apoio da Amunor a fim de encaminhar um ofício para o agendamento de uma audiência para tratar do assunto diretamente com o Secretário de Segurança Pública, Wantuir Jacini.

Para o capitão Jeferson, a fiscalização no trânsito nada mais é do que uma grande prevenção de acidentes. Embora a gente saiba que para algumas pessoas, as nossas ações transpareçam antipáticas, mas são necessárias. Temos que parar qualquer condutor de veículo. Muitas vezes abordamos um vendedor viajante, uma pessoa que está indo para seu local de trabalho ou lazer. Mas é somente através dessas medidas que conseguimos fazer com que os números de acidentes diminuam, salienta.

Atualmente, a região está sem monitoramento permanente nas seguintes rodovias: RS-463 que liga Passo Fundo, Coxilha e Tapejara; RS-467 entre Tapejara e Ibiaçá; RS-343 e a RS-126, via Sananduva com maior extensão. Em geral, seriam pelo menos 11 municípios beneficiados: Ibiaçá, Sananduva, São João da Urtiga, Paim Filho, Maximiliano de Almeida, Machadinho, Cacique Doble, São José do Ouro, Barracão, Santo Expedito do Sul e Tupancí do Sul.

Foto: Gustavo Oliveira


CLIMA/TEMPO

Prefeitura Municipal de Sananduva © Todos os direitos reservados     |     Criação de Sites: Slah Informática