NOTÍCIAS

< Voltar

Administração comemora atual situação do Município

Publicado em 01/12/2011, Por Assessoria de Imprensa

O secretário da Fazenda Lucas Nunes de Paula concedeu entrevista para a Rádio Sananduva no dia 25/11 (sexta-feira) para falar sobre assuntos relativos à pasta e também sobre assuntos gerais da administração. Relacionado a Campanha Sua Nota Vale Prêmios, o secretário declarou que de acordo com levantamento prévio realizado para contabilizar o número de notas, nos 17 primeiros dias úteis de funcionamento da Campanha foram R$ 2,7 milhões em notas trocadas, o que corresponde entre 9 e 10 mil loterias instantâneas. Com a Série Produtores de Leite, foram 4 mil loterias em uma semana, o que representa a conscientização do consumir ao solicitar a nota fiscal de compra. Questionado a respeito da atual situação econômica do Município e dos gastos gerados com a folha de pagamento da Gratificação Natalina, o secretário explanou que para o capeamento das avenidas Salzano da Cunha e Fiorentino Bacchi serão investidos meio milhão de reais. Ainda, devem começar nos próximos dias as obras do ginásio do Bairro Vila Nova, cuja licitação já foi realizada. Esses são investimentos que já foram programados para o final deste ano pela atual gestão municipal. Sobre os repasses do Governo do Estado para a conclusão da Rua Ângela Raymundi, o secretário afirmou que o valor do repasse é de R$ 1,8 milhão e que a prorrogação do prazo é até agosto de 2012, onde devem ser prestadas contas do investimento. “Foram R$ 102 mil no ano de 2010 e R$ 300 mil nos últimos meses de 2011. Esperamos que o restante do valor venha, pois até o momento, de uma contrapartida do Município de R$ 470 já foram R$ 600 mil de recursos próprios investidos na obra”, conclui. Relativo à pavimentação dos bairros, o secretário salientou que, através da operação de crédito do Badesul, são mais de R$ 1 milhão em investimento. Sobre o orçamento para o próximo ano, o secretário Lucas de Paula declarou que é uma estimativa calculada a partir da média dos últimos três anos, levando em consideração uma série de fatores econômicos como inflação, entre outros. “Esse planejamento só é efetivado depois que é lei. Ele já foi encaminhado para os vereadores, a fim de que acrescentem emendas ou modifiquem”, explica. Ao final da entrevista, o secretário explica que conhecer a origem dos recursos e onde eles serão aplicados é o objetivo da Educação Fiscal. “Ao Hospital São João são repassados R$ 115 mil mensais, também no deslocamento de pacientes para outros municípios, compra de medicamentos, e uma série de investimentos que são provenientes de tributos”, esclarece fazendo referência a importância de solicitar a nota fiscal.

CLIMA/TEMPO

Prefeitura Municipal de Sananduva © Todos os direitos reservados     |     Criação de Sites: Slah Informática