NOTÍCIAS

< Voltar

SAMU é destaque na Administração Municipal de Sananduva

Publicado em 27/06/2011, Por Assessoria de Imprensa

Para explicar melhor como funciona o trabalho no SAMU, do ponto de vista de quem atua diretamente no Serviço, a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal participou de uma solicitação de atendimento. Na Base do SAMU, o telefone 192 é acionado. “SAMU, qual a sua emergência?”. Então começa o trabalho dos funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência. É na Base que chegam as ligações e de onde sai a ambulância em caso de deslocamento. Na solicitação que acompanhamos, as primeiras informações se referiam a um caso clínico de um homem de 73 anos que apresentava fraqueza, sonolência, falta de apetite e presença de alguma comorbidade. Também foi fornecido o endereço para o qual a ambulância se deslocou imediatamente. Dados referentes ao SAMU em Sananduva O Serviço iniciou em Sananduva no dia 08 de dezembro de 2010. Até maio foram atendidos 128 chamados, destes 38% foram casos clínicos, 24% vítimas de acidentes de trânsito, 17% quedas e 21% outros casos. As dificuldades Uma das maiores dificuldades que a equipe do SAMU encontra é com relação a comunicação, sendo que nos últimos dois meses as reclamações e problemas referentes ao programa diminuíram consideravelmente, o que justifica-se pela divulgação que está sendo realizada em todo o Município. Conhecendo melhor o funcionamento do programa as pessoas conseguem solicitar o serviço sem dificuldades. A equipe acredita que será necessário continuar com o trabalho de divulgação para fortalecer ainda mais o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e não enfrentar problemas referentes a: não liberação da ambulância em alguns casos, não conseguir ligação de determinados telefones, a quantidade de informações que tem que ser prestadas ao acionar o 192, a demora da chegada do serviço e outros que hoje já estão, na grande maioria, sanados. O atendimento Como o objetivo era acompanhar de perto o trabalho da equipe, seguimos para o local da ocorrência quando a Central de Regulação liberou o deslocamento da ambulância. O paciente que aguardava atendimento estava visivelmente debilitado e desidratado e encontrava-se em local de difícil acesso. Como chovia no momento do atendimento, a equipe prontamente o removeu para dentro da ambulância para examiná-lo. Depois dos procedimentos de anamnese, avaliação de enfermagem e verificação de sinais vitais, a técnica de enfermagem de plantão ligou para o médico da Central de Regulação para repassar as informações do caso, sendo que o mesmo orientou a puncionar acesso venoso com administração de soro fisiológico e removê-lo para o Hospital São João, onde o paciente foi encaminhado terminando o atendimento do SAMU. Foto: Atendimento acompanhado pela assessoria de comunicação.

CLIMA/TEMPO

Prefeitura Municipal de Sananduva © Todos os direitos reservados     |     Criação de Sites: Slah Informática